domingo, 25 de julho de 2010

Fragmentos


Fotografia de Ragnes Sigmond


Na fragrância da música
que sai do teu corpo e toca o meu,
como cristais de água escorrendo,
na miragem de um oásis sedento,
em boca ressequida
numa lagoa sem fundo,
o teu beijo quente
evapora cada gota que se solta 

no orgasmo da minha pele.

És uma âncora secreta
onde me aninho, me deleito, me desnudo,
em cada fragmento do meu verso.

6 comentários:

Lumife disse...

Gostei. Vou voltando aos blogs... estou cansado do Face.

heretico disse...

à flor da pele...

arrepia. de tão belo

beijos

Anónimo disse...

que belo blogue e que poesia igualmente bela.
vim através da minha irmã Ana Maria Afonso que fala muito de si e adorei tudo o que li.
João Afonso

Jaime A. disse...

Quando se sabe escrevê-lo, o sentimento-amor é algo de fantástico.
Aqui está mais um magnífico exemplo que "foge" (claro do que já foi dito/escrito).

carlos pereira disse...

Minha cara;

Nesta visita, descobri esta pérola.
Simplesmente LINDO.
Continuarei a visitá-la.
Um abraço.
Carlos Pereira

Fanzine Episódio Cultural disse...

O Fanzine Episódio Cultural é um jornal bimestral sem fins lucrativos, distribuído gratuitamente no sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Salvador-BA e Rio de Janeiro. Para participar basta enviar um artigo sobre esporte, moda, sociedade, curiosidades, artesanato, artes plásticas, turismo, biografias, livros, curiosidades, folclore, saúde, Teatro, cinema, revistas, fanzines, música, fotografia, mini contos, poemas, etc.
Contato: Carlos (editor)
machadocultural@gmail.com