quarta-feira, 1 de julho de 2009

Pina Bausch

As palavras de um Poeta numa homenagem que muito me sensibilizou…



Imagem de Paul Alfredde Curzo

A minha amiga a escritora Amélia Pinto Pais informou-me de manhã - morreu PINA BAUSCH - a grande coreógrafa dos nossos tempos! E comentou “ todos se vão...”

Garantido é que vamos todos!
Ao menos que o Destino nos conserve enquanto a vida tem qualidade física e psíquica e que nos requisite de seguida!

Sou fan de Pina desde que há muito dei por ela, e louvo a tecnologia que nos permite ver/ouvir/sentir os artistas e as obras em registos que repetimos pela vida fora, mesmo depois do desaparecimento físico!

Os meus versos de 1998, celebram isso!

espanto

espanto
é conhecer
que um dia
haverá um momento
único
na terra:
o último que se lembrava
de nós
morreu

momento a que chamamos
o nosso encontro
com o cosmos

Palavras e Poema de
carlos peres feio

11 comentários:

maria carvalhosa disse...

Linda homenagem, querida Otília.
Beijoscom muito carinho e amizade

mundo azul disse...

_________________________________

...realmente todos se vão um dia! Mas, apesar de sabermos disso, ficamos tristes, sentimos a falta...

Bonita homenagem! O poema...É como diz um velho ditado: "-Nos menores frascos, os melhores perfumes!"

Beijos de luz!

___________________________________

Isabel Branco disse...

Rosa Brava

Grata pela visita.
Excelente forma de homenagear tanto a artista, como o poeta.
A única coisa que temos garantida na vida é a morte. E quem viveu uma vida exemplar e fantástica quer pelo talento, quer pela personalidade merece a homenagem e tributo da humanidade. Parabéns e palmas (de pé) a Pina Bausch!

Um beijinho

Paula Raposo disse...

Pois claro! Carlos numa das suas arrancadas que até saiem bem! Beijos.

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

**//**

Amiga, isto é que é gostar de poesia.

Bjo___fotografado ๏̯͡๏

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma bela homeneagem.

Obrigado pelo e-mail.

beijooo.

Maria Clarinda disse...

Não era própriamente uma das minhas dançarinas/coreógrafa favoritas, mas não lhe nego o valor da revolução de estilo novo de dança, sendo uma das referências do século XX...
Paz no lugar onde se encontra agora.
Jinhos

elvira carvalho disse...

Como dizia minha avó "Quem não vai de novo, de velho não escapa"
Pina era uma grande mulher e uma artista extraordinária. E quando assim é não há morte que os vença. Foi uma partida fisica, mas o seu espirito continuará entre nós em todo o legado que nos deixou.
Um abraço e tudo de bom para si

Violeta disse...

Uma homenagem sentida e de sensibilidade.
Bom fim de semana

Violeta disse...

e esse momento chega para todos.

heretico disse...

beijo. gostei da homenagem...