quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Apenas um momento


Fotografia pessoal


Quando a véspera
do mais prolongado sossego
me fere a solidão da infância
quero um momento,
apenas um momento,
para que o excesso de luz a prumo
amotine as palavras nos meus lábios
e as confunda com a quietude
urgente da paisagem.
De pulsos iluminados
poiso a voz no fundo da tristeza,
para expor a voz de outrora: no dia mais bonito
que vier irei, sem rumo algum, ao deus-dará,
procurar um lugar para morrer,
as vezes que eu quiser, até nascer sem dor.


Poema de
Graça Pires
in "não sabia que a noite podia incendiar-se nos meus olhos",
pág. 38

12 comentários:

Hélder disse...

"procurar um lugar para morrer,
as vezes que eu quiser, até nascer sem dor"

Não será esse o sonho de todos nós nos momentos que nos atormentam?

Bons versos de esperança resistente.

Obrigado.
Beijos.

Graça Pires disse...

Bem haja MM.
Um beijo.

Maria disse...

Lindo, MM.
Gosto de ti, há tanto tempo....
Vou voltar aqui com mais tempo...

Deixo um abraço

Paula Raposo disse...

Gosto muito de ler a Graça Pires. Mais um belíssimo poema! Beijos a ambas.

João Norte disse...

Muito bonito este poema da Graça.
Aliás, como são geralmente todos os poemas dela, há neles uma relação efectiva da autora com a sua infância e a procura de uma ligação vida/espaço muito profunda.

Peter disse...

Não conhecia Graça Pires.
É bom começar o dia com um bonito poema.

Bom fds.

poetaeusou . . . disse...

*
um belo poema
de graça pires,
,
obrigado
por o teres postado,
,
conchinhas, deixo,
,
*

Eduardo Aleixo disse...

Lindo poema. É sempre bom ler-te, Graça. Bj.
Eduardo

JOSÉ FARIA disse...

ÓH! e se todos podessemos ter e escolher um lugar à nossa medida para morrer sem dor e voltarmos a nascer quando nos apetecer.
Sim! Assim talvés a vida fizesse mais sentido.
parabéns menina que poeticamente nos transportas para novos horizontes de memória, para novas vivências reais e imagináveis, virtuais e verdadeiras.
Beijos de amizade em poesia.
do Faria

Teresa Durães disse...

lindo poema da Graça Pires!

vbm disse...

Graça Pires é uma poetisa tocante. Espanta-me que não seja mais divulgada e conhecida!

Bárbara disse...

bastaria apenas um momento!!!um sopro, um leve olhar...o toque de um dedo....