sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Sonhos e Memórias...



No eterno sonho dourado
dos teus olhos
longe de tudo
a madrugada passou
a água esculpe na montanha
rios límpidos e transparentes.

O crepúsculo partilha os teus momentos
e a espera da manhã
colhe as flores do amor
que existe no coração
em suave brisa
que acaricia o sol
e sente 
a ternura do 
vento.


Post scriptum: Este poema está inserido num texto que escrevi há anos. Ao ouvir esta música, recordei ambos.
Partilho. (por favor, desliguem a música de fundo do blogue para ouvirem o vídeo. Obrigada)

7 comentários:

Graça Pires disse...

Memórias que só o coração sabe guardar… Muito belo!
Uma boa semana, minha Amiga.
Um beijo.

Arthur Claro disse...

Linda poesia.

Arthur Claro
http://www.arthur-claro.blogspot.com

Manuel Veiga disse...

há muito tempo que não visitava teu Refúgio.
que como sempre oferece genuína poesia.

beijo, amiga,

Maria Rodrigues disse...

Belíssimo poema
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Foi um prazer ouvir os Procol Harum e aproveito para desejar um bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Ontem é só Memória disse...

Bonito poema, fiquei curiosa com o resto do texto!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO ! disse...

UM tom mais claro de pálido... as memórias insistem mesmo em perseguir-nos!
Beijos!