domingo, 1 de julho de 2007

Musicalidade


* Pintura de Jan Thompson Dicks


Sob a musicalidade de teus dedos
percorrendo meu corpo,
sôfrego de ti....
transportas-me ao sonho,
revivendo momentos
de poesia sem fim.

Transporta-me ao sonho,
acolhe-me nos teus braços
numa valsa sagrada
que é o momento
em que me vejo
dentro de ti.

* Ilustração de "Veinte poemas de amor y una canción desesperada" poemas de Pablo Neruda, pintado por Jan Thompson Dicks

14 comentários:

Anónimo disse...

Um sonho verdadeiramente sensual!!!!
Adoro esta música!!!!!!!! Mt bem escolhida!
Kisss da Sofia

Alba disse...

Um belíssimo convite ao entrançar de sonhos...

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

É tão bom sonhar...

Passei por aqui e no meu rastro deixo um desejo e um beijo... Boa semana.

Isabel-F. disse...

...que maravilha
... que sensualidade

parabéns pelo texto

beijinhos

Vieira Calado disse...

Um belo enquadramento, para um belo texto.

Zénite disse...

Sensual, conchegativo, poético!"

Abraço.

Paula Raposo disse...

Tão bonito! Adorei ler. Beijos.

C Valente disse...

Um sentido de amor, sensualidade beleza, gostei, e vou voltar
Saudações

Zénite disse...

Bonito!

"Pelo sonho é que vamos"!

Boa-tarde, MM!

Manel do Montado disse...

Uhmmmmm...que rico momento de fim de tarde.
Há momentos bem descritos pelo silêncio.
Bjinho

Maria Clarinda disse...

E que sonho maravilhoso, com uma pintura linda também. A música uma das minhas preferidas da MPB e que tenho como toque no meu telele.
Jinhos mil

Graça Pires disse...

"Revivendo momentos de poesia sem fim". Pablo Neruda sabe fazer-nos sonhar... Um beijo

Lumife disse...

Beleza de palavras bem casadas com a pintura.

É sempre um prazer visitar os teus espaços.

Bjs.

Laudi Biten disse...

Ola Menina!!! Parabéns!!!!!

Acabei entrando no seu blog... fiquei feliz em ler tão lindas palavras ....

bjssssssss