sexta-feira, 20 de julho de 2007

Se eu pudesse...


Imagem de Stéphane Bulan


Se eu pudesse atingir
a quietude das coisas simples,
a serenidade das harmonias mortas,
e dormitar na inconsciência
de tudo quanto não existe!

Se eu pudesse banir a melancolia,
porque me atormenta,
me afunda,
me reduz ao desespero de não saber viver!

Se eu pudesse perseverar em ser alegre,
fruir confiança
e reter na minha alma
somente os momentos divinos de prazer!

Viver só por viver!
Nada querer além da vida,
não devassar meu eu,
e embalar-me tranquilamente
na esperança
dos meus sonhos!

Ah! Se eu pudesse adormecer!...

(das minhas memórias...)


Ouvir o poema na voz de Luís Gaspar
(Desligar p.f. a música de fundo para ouvir o poema)

15 comentários:

Sulista disse...

Puxa, que Blog tão bonito :-)

Tu és uma fortaleza Amiga...consegues ter tantos Blogs e tds bonitos cada um à sua maneira. Parabêns por isso! :-)


Mais Beijinhos

♥≈Nღdir≈♥ disse...

., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .`\ . . \ Ofereço uma rosa
|. . . . . |. . .|
. \ . . . ./ . ./
.. `=(\ /.=` toda perfumada
.... `-;`.-'
......`)( ... , para aromatizar
....... || _.-'|
........|| \_,/o teu Fim de Semana...
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥*♥

Inês Ramos disse...

Olá, Rosa Brava.
Sim, pode copiar a imagem. Eu també a copiei na net. Mantenha a legenda lateral.
Beijinhos,
Inês

lena disse...

minha bela rosa

se eu pudesse estava aí

que bem escreves e como sou pequenina

nas palavras que uso para brincar

ler-te é um dos meus prazeres

tu tens tanta força que sei que consegues realizar: Se eu pudesse...


beijinhos muitos com carinho

lena

A.S. disse...

Senti-te como se uma ave tivesse poisado no fio do horizonte e por um instante eu tivesse visto as suas pálpebras tristes...

Quero "ver" o teu sorriso! Tens um sorriso lindo...


Um beijo!

Maria Clarinda disse...

Fiquei aqui sem vontade de sair...
Música (como eu a recordo...) e o teu poema!!!!
Jinhos, minha linda!

Pitanga disse...

Agora, já do lado de cá do Oceano, tenho acesso aos meus favoritos do meu pc. E descubro esta pérola de poema. Ah se eu pudesse!

beijos

Yardbird disse...

E porque não? Beijinho grande e saudades

maria carvalhosa disse...

Afinal tamb�m publicas algo que escreveste... e que bem o fazes! F�-lo mais vezes, sem preju�zo do bel�ssimo trabalho de divulga�o de poesia de outros que tens vindo praticando. �s uma menina cheia de surpresas!

Beijos.

Manuel Martins disse...

E QUEM NÃO TEM INSÓNIAS DE AMOR ?

NECESSÁRIO É ANDAR EM FRENTE E PROCURAR ESQUECER O QUE NOS APOQUENTA, QUANTAS VEZES CAUSADO POR QUEM NÃO MERECE.

A VIDA É UM MUNDO DE NOVAS OPORTUNIDADES.
SAIBAMOS APROVEITÁ-LAS

Lumife disse...

VOU DE FÉRIAS! BOAS FÉRIAS!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Quando a sensibilidade e a emoção se combinam numa alma transbordante e generosa, resultam mensagens tão belas como as que vou encontrando nos seus blogues.

Perdido disse...

Se eu pudesse dizer
Quanto gostei!

Ah! Se eu pudesse dizer!...

Heloisa B.P disse...

"Ah se eu pudesse adormecer!"
...................MAS... NAO ADORMECA SUA POESIA*******!!!!!
BEIJINHOS.
_ADOREI, ESTE, TAMBEM!!!
*************************
Heloisa
**********

Helena e Fernando Peixoto disse...

Felizmente, nem sempre se pode adormecer e é preciamente nesses instantes, no limbo que se situa entre a consciência e o sonho, que se conseguem produzir reflexões como esta.
Parabéns
Fernando Peixoto