domingo, 29 de julho de 2007

Interrogações...

Dedicado a um Amigo que me recordou esta canção…


Pintura de *Iman Maleki



Uma imagem e uma canção… que terão de comum?


(Desligar a música de fundo, para ouvir o vídeo, p.f.)


* O pintor iraniano Iman Maleki, génio do realismo, ganhou o prémio William Bouguereau e o Chairman´s Choise no II Concurso Internacional de Art Renewal Center. Muitos o consideram o melhor pintor de arte realista do mundo.

25 comentários:

Rosa Brava disse...

Lanço aqui um desafio, a quem queira comentar, o que acham que liga esta pintura a esta canção...

O que se aproximar do meu pensamento, ao associá-los, será postado no blogue.

Um abraço carinhoso a todos ;)

Daniel Aladiah disse...

Querida Menina
Aprocura dum horizonte, onde os teus olhos pudessem descansar num novo sol-pôr... numa varanda sobre o mar e 2 lugares à mesa... Diria que este post tem tudo o que é desejo, romantismo e querer renascer.
Um beijo
Daniel

maneldomontado disse...

Tal como a canção de RC fala de baleias que as futuras gerações, caso as extingamos, só poderão ver “em velhos livros ou nos filmes dos arquivos dos programas vespertinos de televisão”, a crescente poluição do planeta conduzirá a que num futuro já ali à frente, as crianças só conheçam o sol por desenhos. Já acontece assim na cidade mais poluída do planeta na China.
Assim entendi as duas mensagens.
O homem é o único predador que mata por prazer, até os da sua espécie.
Bj

carla mar disse...

um convite para viajar... ao interior do EU...
descobrir que os homens\mulheres, caminham de mãos dadas, sobre teias de maldade... num mundo onde criar laços, muitas vezes é pecado...
é tão bom, abrir as janelas e portas do coração!... deixar entrar os afectos...AMAR a VIDA!
um dia... a VIDA, será uma memória riscada, num céu qualquer...
o AMOR... encontrá-lo-emos... um dia... numa frase...
peço ao SOL... que me espreita nas minhas manhãs de VIDA... FORÇA para AMAR a VIDA... e dar VIDA á VIDA!
quando partir... deixo-vos o SOL, como herança...

Maucir Nascimento disse...

A imagem me faz algumas referências às prisões que vejo as pessoas viverem.
Decerto terá mil outras interpretações por par de olhos, mas esta é a minha.

Maucir Nascimento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sandokan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sandokan disse...

A cura para todas as doenças e todos os erros, para as inquietações mágoas e crimes da humanidade está contida na simples palavra «AMOR». Ele é a divina vitalidade que gera e restabelece a vida. Ele confere a todos e a cada um o poder de operar milagres, se quisermos.

Paula Raposo disse...

Otília! Chego aqui. Aqui de casa, lamento imenso, mas não consigo ver todo o texto,ouvir a música e muito menos comentar...demorei meia hora para aceder aos comentários. Nem sei o que pedes ou não porque não li. Só digo que esta canção do Roberto Carlos fazia parte de muitos LPs que eu tinha nos anos 70/80 e ficaram divididos na minhna vida. Digo-te que adoro, que esta música fez parte de momentos da minha vida. O que nem sequer tem importância nenhuma. O que impo0rta é que amanhã, tu és um bébé...e mereces todo o carinho do mundo! Beijos...daqui.

peciscas disse...

Que mundo é este que estamos a deixar às nossas crianças?
Todos os dias desparecem mais umas quantas espécies, deixando o planeta mais pobre e mais deserto.
Os "senhores do mundo" dirão que o progresso tudo justifica.
Mas que progresso será esse que está a conduzir o planeta para o vazio?
Por este andar, um dia não teremos baleias, não teremos tigres, não teremos Amazónia, não teremos pandas, não teremos elefantes,..
Mas teremos montanhas de computadores, ou consolas, ou arquivos electónicos, onde conservamos imagens daquilo que desapareceu.
Mas serão mais felizes as crianças que terão tudo isso, mas não terão o cheiro da terra molhada quando o sol a vem aquecer, não ouvirão o bramar do veado correndo livre, não sentirão a carícia das pétalas de uma flor selvagem, não se espantarão com o voo orgulhoso da águia real?
Não há baleia que viva nas margens de um clip de uma canção.
Não há sol que aqueça, inventado no desenho tosco de uma qualquer parede de um beco escondido.
É PRECISO PARAR ENQUANTO É TEMPO!

aminhapele disse...

Uma janela traçada a giz,sobre um muro em tijolo,pode fazer-nos sonhar com a liberdade,com o sol,com o azul,com o mar,com as gaivotas,com o vento,etc.
A liberdade constrói-se e é essencial à vida,porque é sobre ela que vai assentar o amor.
A pintura demonstra-nos que até uma criança sabe construir a liberdade e a utopia e,a partir daí,sonhar!

José António disse...

.

A resignação não é o caminho.

E esta - resignação entristecida - é o que liga as duas imagens.

Ambas 'choram' e 'lamentam' a perda de algo e solidificam-se numa resignação saudosista e tristonha.

Num 'alerta' tardio...

É preciso lutar! Hoje ! Agora ! Já !

Chorar a perda não trás de volta o que se perdeu !

.

Maria Clarinda disse...

Vamos lutar, deixar de pensar que somos os únicos Seres com direito a habitar neste Mundo que chamamos nosso...
Vamos aprender a respeitar esses mesmos Seres , para que o meu Fran., o meu Gon., e o meu Sal., possam ter orgulho de nós , logos dizerem: "...que bom, meus avós e seus amigos deixaram um mundo lindo para nós, vamos viver em paz com todos os Seres como eles".
Jinhos mil

Maria Clarinda disse...

Não ,não quero que eles vejam o mundo como ele era, numa parede pintado em forma de janela! Quero que o meu Sal...ao ver a Lua pela janela se recorde das suas mal balbuciadas palavras, e com um dedinho espetado gritando : - Oia....a ua!...
Isso vai acontecer se vocês humanos como eles, não gritarem...não fizerem os olhos chorar, daqueles que se dizem...superiores.
Jhs

aminhapele disse...

Pode não parecer,mas estou completamente de acordo com o comentário de Maria Clarinda.

Paula Raposo disse...

Hoje dia 30 de Julho, passo aqui para te desejar um dia muito feliz cheio de maravilhosas surpresas! Muitos beijos.

amita I disse...

Olá MM
Depois de percorrer os teus outros belos cantos, escasseiam as palavras que bem mereces.
Assim, limito-me ao vulgar mas sincero voto de Parabéns.
Que a vida te sorria sempre.
Com muito carinho, um grande abraço

carla mar disse...

beijinho iluminado na tua alma :)
PARABÉNS querida MM!

De Amor e de Terra disse...

Parece-me que o meu comentário anterior não ficou...
Por isso, vou tentar de novo!

"Ambos (ser humano e Baleias, tal como outros animais) estão em vias de extinção"
isto para dizer que a própria LIBERDADE,infelizmente, está em vias de extinção!

Beijos

Maria Mamede

pb disse...

tal como as baleias que estão a ser exterminadas e no futuro apenas existirão nos livros, assim a visão do sol através duma janela está ameaçada pela lenta morte a que condenámos este planeta....bjs

universos virtuais disse...

E que canção...

Parabéns pelo blogue e pelas palavras...

Aproveitamos para informar que mudamos o nosso site, agora estamos em UniversosVirtuais.com

Abraços!

j. gonçalves disse...

Hinos à liberdade - a ausente, a sentida!

Amla disse...

vejo um alerta. Um alerta k nos diz k devemos sonhar de forma que nós e nosso sonho sejam agentes de mudança para um mundo onde o respeito por toda e qq expressão de vida seja tão instrínseca e inviolável como o é a certeza de k necessitamos oxigénio p/ respirar e viver, tal e qual somos hoje.E de k só assim havrá um amanhã. Um amanhã k englobe TUDO e TODOS.
Bjs
Luz e paz

Anónimo disse...

Olá, amei o seu blog e peço desculpas se de modo inadequado quis copiar algumas imagens...
Não tenho o hábito de visitar blogs, mas as obras de Iman Maleki me trouxeram para cá e aqui estou...
Adorei a foto do seu blog também, "Refúgio", e como podes perceber sou uma admiradora de lindas fotos e obras de arte!
Se for possível, gostaria muito de receber suas lindas postagens juntamente com as imagens que aqui encontrei...
Estou pensando seriamente em fazer um blog também, não tão lindo como o seu...Mas, um blog para mostrar para os meus melhores amigos!Uma coisa mais restrita, entendeu?
Obrigada pela oportunidade de expressão...
Simone

Anónimo disse...

Minha querida não me identifiquei porque achei muito estranho ter que digitar a senha do meu email...
E como sou marinheira de primeira viagem, tive um certo receio, ok?
Perdoa-me, meu nome é Simone e meu email é: simone_vasquez@hotmail.com
Beijos...
Simone